A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Ter 16 Abr 2013, 23:03

O Item Roubado – O Planejamento de Quíron – O Semideus Escolhido
Post 1


No Olimpo

Zeus estava inquieto, Quíron lhe prometera enviar um semideus em missão para recuperar a espada de seu precioso filho, o deus dos deuses olhava o seu mais novo filho, sabendo que o momento chegaria e logo a espada deveria estar na posse do garoto, porém a espada fora roubada nas forjas de Hefesto, onde recebia ajustes do deus ferreiro. Zeus sentou-se em seu trono, qualquer um que possuísse aquela espada em pouco tempo teria poder demais para que ele confiasse a um não filho dele.
Um item havia sido roubado, a Espada de Perseu e isso deveria ser vingado.

No Acampamento Meio-Sangue


Quíron estava ansioso, seu irmão Zeus não gostou da ideia de ter algo roubado mais uma vez, um item em especial para um filho seu seria ainda pior que seu raio, simplesmente por não ser a primeira vez. O semideus da missão seria muito pressionado, mas teria muito a ganhar se terminasse a missão com êxito.
Quíron não precisou pensar muito, sabia que semideus escolher, ele tinha quase todos seus semideuses a disposição, porém um se destacava por seu desejo de evoluir, dentre todos os presentes, ele merecia aquela missão. Nalbert, o filho de Hécate foi convocado para a Casa Grande.

O Semideus Convocado


Daqui em diante é contigo, quero post's maiores que 7 linhas, muito criativos e bem pensados. Fiz uma boa trama pra tua missão, espero que saibas aproveita-la.
Dica: Se tiver dúvida, nesse primeiro post só descreva seu dia, sua convocação à Casa Grande e a primeira vista de Quíron, e esntão poste.

Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Qui 18 Abr 2013, 15:42

Eu estava no meu chalé lendo um livro, o dia estava calmo no acampamento sem nenhum monstro a vista então resolvi ir treinar.
Utilizava minha espada com grande potencial e derrotava bonecos com golpes únicos, ao virar para trás notei a presença de um ser. Ele era Alto, magro e com pernas peludas e logo percebi que se tratava de um sátiro ele olhou para min, o mesmo pegou um pergaminho abriu ele, e falou:
- Nalbert Luiz, Quíron está lhe convocando na casa grande, não sei muito bem sobre o que se trata mas aparenta ser uma missão.
Um sorriso apareceu no meu rosto eu gostava de receber missões era uma forma legal de se desviar do treinamento o único porém é que são muito perigosas... Peguei todos os meus itens e os pus em minha mochila-inventário, com isso me dirigi até a casa grande com objetivo de encontrar Quíron.
Meu primeiro objetivo fora completo havia encontrado Quíron um Centauro alto, barbudo e com braços musculosos, o vendo falei:
-Sr. Quíron, gostaria que me desse detalhes sobre a missão.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Qui 18 Abr 2013, 23:36

Casa Grande – Partindo em Missão – Nova York
Post 2


Casa Grande:

- Sr. Quíron, gostaria que me desse detalhes sobre a missão. – Quíron sorriu, sua barba grisalha e sua enorme paciência deram tranquilidade a Nalbert, que logo vou o centauro se aproximar, por uma mão em suas costas e fazer com que os dois saíssem juntos em um passeio pelo Acampamento.

- Percebo que o sátiro lhe deu esperanças, que bom – Disse o centauro – sabe, Nalbert, depois de muitos anos e tantas missões, creio que essa é uma das mais tolas, apesar de perigosa. Não te escolhi por achar que és capaz, mas sei que tua força de vontade irá te elevar a um alto nível, e você será recompensado, mostre-se capaz, meu garoto! – Logo Quíron continuou:

“Uma espada, uma relíquia, foi roubada. A espada que tanto Zeus esperara para dar a um filho seu, mas que agora vaga pelo mundo com um desordeiro. Ela estava em posse de Hefesto quando foi roubada. Aquela espada fortalece o ladrão a cada segundo, então você deve ser o mais rápido possível, um bom modo de começar é ir até alguma das forjas de Hefesto, talvez o encontre e ele te diga algo, mas seja rápido, quero que voltes logo.”


Nalbert sentiu a vibração dentro de Quíron, seu amor por treinar semideuses e por vê-los ter vontade. O centauro se virou, Nalbert viu em seus olhos algo como a força de um pai para um filho, como Quíron passava a todos.

Partindo em Missão:

Tocado pelas palavras de Quíron, Nalbert saiu pelas fronteiras, Argos o esperava na van, pronto para leva-lo para Nova York.

- Olá, Nalbert – Disse Argos – Deixarei você em Nova York, tenho uns assuntos a tratar por lá – ele bateu com a palma da mão na parte de trás do carro, Nalbert se perguntou como o olho de lá não doía – Morangos e morangos.

Argos ficou quieto a viagem toda, a música deixava o ambiente calmo e amigável, mas Nalbert começava a pensar em todas a\s palavras de Quíron e seu tom tranquilizador. As informações da missão, o poder da espada e tudo que a envolvia. Talvez fosse demais pra ele, ou talvez ele pudesse mostrar-se melhor do que dizem, somente de uma coisa ele sabia: só dependia dele.

Nova York

Mesmo esquema de antes! Poste o que achar necessário do meu post, o mais importante é destacar bem a entrada em Nova York e o lugar para onde irás (exemplo: Central Park). Boa sorte Nalbert.

Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Sex 19 Abr 2013, 13:30

O caminho era calmo, eu observava a tudo e via muitas coisas:turistas , vendedores ambulantes, parques de diversão e etc. O carro andou alguns Quilômetros e encontrou uma estrada deserta então comecei a pensar - Será que eu consigo, esta missão é muito arriscada sem dúvidas a missão mais perigosa que já enfrentei, mas se Quíron me escolheu é porque eu consigo... Que os deuses me protejam!
- Por favor, Argos. Disse ao motorista. Poderia me deixar a frente do Empire State Building, talvez encontre algo por lá. Sei lá um porteiro, um Deus que me ajude na localização do Deus Ferreiro.
Pouco tempo depois estava em frente ao prédio não conseguia ver seu topo, mas pensava 600 andares isto é impossível, não eu dizia que era impossível existência de Deuses antes de descobrir minha ligação com eles. apesar de tudo não acreditava que toda aquela história era verdade.
Respirei fundo, não sabia o que me esperava no prédio ou como os deuses me tratariam, muito nervoso entrei lá.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Seg 22 Abr 2013, 22:41

O Térreo – O Olimpo – O Deus Hefesto
Post 3


O Térreo

Logo que foi deixado no Empire State, Nalbert demorou em admira-lo, porém logo acordou e viu que tinha algo a fazer. Seguiu rumo ao homem que estava na recepção. O homem demorou a ceder, mas Nalbert conseguiu o cartão que o faria subir ao olimpo. Pegou o elevador e ao usar o cartão, percebeu o botão 600 brotar, clicou nele e ouviu a péssima música colocada no elevador dos deuses.

O Olimpo

Ao ver o elevador se abrir, Nalbert sentiu-se maravilhado por estar a tantos metros do chão, mas logo se esqueceu disso, pois o cenário do Olimpo o deixou paralisado por tamanha beleza. A primeira figura vista foi Zeus, sentado em seu trono, ao lado de muitos tronos vazios. O deus viu o semideus e na hora soube.

- Esperava por você – o deus estava agitado – És o semideus que procura pela espada de meu filho?

- Sim, mas... – Nalbert foi interrompido.

- Sem mas... – disse o deus, estalando os dedos – Sei o que quer.

Nalbert foi teletransportado, se viu em uma velha forja onde um deus barbudo trabalhava, Hefesto olhou para o semideus e sorriu:

- Olá, filho de Hécate, o que desejas de mim?

O Deus Hefesto

Conheces o sistema, boa sorte.

Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.


Última edição por Asclépio em Sex 26 Abr 2013, 15:25, editado 1 vez(es)
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Ter 23 Abr 2013, 12:46

Encontrei o Deus ferreiro, ele estava em uma velha forja e ao me ver falou a seguinte frase:

-Olá, filho de Hécate, o que desejas de mim?

-Olá, Senhor das forjas. Falei reverenciando o Deus.

-Por favor diga o que deseja de mim, não tenho muito tempo.

-Fora mandado por Quíron para recuperar uma espada que você estava a forjar para Zeus, mas infelizmente alguém a roubou, minha missão é encontrar a espada. Então será que o senhor poderia me ajudar com algumas informações sobre a espada, ou outras coisas úteis?


Eu não sabia muito bem se havia falado palavra com palavra ou se Hefesto havia entendido algo, pela sua expressão facial ele parecia que ia me ajudar, ele não olhava para mim agradecia por isso, pois olhar para sua longa barba grisalha, seu rosto enrugado e machucado não me ajudava em nada.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Qua 24 Abr 2013, 18:55

A Chegada de um reforço: Um Novo Semideus na Área – “Boas” Novas – A Primeira Batalha
Post 4


A Chegada de um reforço: Um Novo Semideus na Área


- Uma nova experiência nunca fará mal a ninguém! – Disse Quíron, zangado – Ao lado de Nalbert ele será útil!

- É muito arriscado, eu já disse – Dionísio fala, sem emoção, por trás de uma lata de Diet Coke – Mas tudo bem, avisarei Atena que a responsabilidade é sua.

O novo semideus que chegara ao acampamento estava ansioso por uma missão, sabendo que Atena não acharia bom perder um filho tão cedo, Dionísio achou melhor não dar a ele, mas Quíron insistiu e logo o semideus estava a caminho das forjas de Hefesto. Quíron aproveitou a presença de Dionísio e fez com que o garoto fosse transportado para a forja.

- Finalmente, agora é só esperar...

“Boas” Novas

O deus das forjas sorriu, se ergueu e fitou Nalbert, esperou alguns segundos e olhou para o lado dele, onde surgiu uma flor gigante ao lado do semideus. Na mesma velocidade que cresceu a mesma tornou a descer, porém se abrindo e revelando outro semideus, Lucca D’Armstrong, o filho de Atena.

Hefesto sentiu na gora, em seu pulso, que o ladrão da espada estava ganhando mais força, tirou o sensor e jogou para Nalbert.

- Eles está rumando para o norte. Em Waveny Park, agora – Disse o deus – cada vez que isso vibrar ele estará mais forte. Sejam rápidos, deixarei vocês aos pés do Empire State, será uma longa perseguição.

A Primeira Batalha


>> Vocês estão aos pés do Empire State! Olhem no Google maps e achem este local que lhes falei. Boa sorte na perseguição. Vocês podem fazer o que quiser até encontralo, pois está em repouso em tal lugar. <<


Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.


Última edição por Asclépio em Sex 26 Abr 2013, 15:26, editado 1 vez(es)
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Qui 25 Abr 2013, 12:30

Coloquei o sensor no meu pulso e vi rapidamente eu e Lucca sermos tele portados para frente do Empire State, o meu plano era o seguinte: Pegaria o primeiro taxi que avistasse e chamaria:

-Lucca, entre no taxi, e por favor vá no banco da frente na cadeira do passageiro (lado direito) e me avise se ver algo importante. Eu vou aqui no banco de trás e olhar para o lado esquerdo. E outra coisa, vou lhe emprestar a minha espada montante de bronze celestial lhe pode ser útil na luta

Retiro a espada montante de bronze celestial da mochila-inventário e a entregaria a Lucca.

Ao sentar-me na poltrona de trás, tocaria com a minha flauta de Orfeu a melodia que me faz controlar qualquer ser, a tocaria para o motorista e diria:

-Para Waveny Park use a rota de número 87 que é a mais próxima e quero chegar lá o mais rápido possível, e me dê todo o dinheiro e documentação que você tem... Pode ser útil... Sim e quando sairmos do taxi eu quero que você fuja para o mais longe possível de mim.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Lucca D'Amstrong em Qui 25 Abr 2013, 18:40

O Nalbert me diz:
-Lucca, entre no taxi, e por favor vá no banco da frente na cadeira do passageiro (lado direito) e me avise se ver algo importante. Eu vou aqui no banco de trás e olhar para o lado esquerdo.

Entro no taxi e me sento ao lado do motorista, Quando Nalbert Pega Uma espada de sua Bolsa e me entrega dizendo que ela me seria útil, pego a espada e guardo na minha bolsa.
Nalbert Toca a Flauta de Orfeu controlando o motorista do taxi para que ele de todo o dinheiro e documentos e para que ele fuja de perto de nós apos nos deixar no nosso destino, Quando eu digo, Olhando pela janela : - Nalbert , isso não e roubo??




Lucca D'Amstrong
avatar
Lucca D'Amstrong
Atena
Atena

Mensagens : 20

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Atena
Nível: 2
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Qui 25 Abr 2013, 20:26

A Corrida Grátis – O Encontro – A Luta
Post 5


A Corrida Gratis

O taxista obedeceu fielmente às ordens de Nalbert, perdendo a consciência. O homem fez a mais veloz corrida de sua vida, sem sequer ver nada, os olhos de Nalbert guiavam sua visão. O homem parou, alguns minutos depois, no local solicitado, obedeceu as outras ordens do filho de Hécate e foi embora, só lembrando de seu nome ao se ver próximo do Alasca.

O Encontro


Nalbert e Lucca andaram por ali, até achar alguém suspeito, mas isso não aconteceu. O tempo passou e mais duas vezes Nalbert sentiu o vibrar em seu pulso. Os pobres semideuses estariam mortos em alguns segundos se não fosse a crueldade do filho de Hermes que atrás deles sorria.

- Só isso? – Riu alto o ladrão – Isso que mandam contra mim?!

O semideus se vestia bem, tinha um bom físico e dava medo por parecer um psicopata. Sua espada tinha o tamanho de Nalbert e era dourada. Sua Lâmina era fina, porém da largura do peito do filho de Hermes, que parecia suportar o peso com naturalidade.

- Gostaram da minha espada? – Disse ele – ninguém pode vê-la e continuar vivo depois!

O semideus atacou , de longe, girando a espada na altura do pescoço dos dois semideuses.

A Luta

Nalbert conhece as regras. Se precisarem, chamem a mim por MP.

observações:
O post de Lucca foi muito ruim, desde a organização e o português até o conteúdo. Melhore teus post’s, Lucca, estarei disposto a te ajudar, assim como fiz com Nalbert. Sinto por dizer, mas teu post parece um carnaval e não há uma prédefinição nas cores. Elas servem para distinguir os diferentes tipos nde narração, não para enfeite.

(sou seu amigo e zelo pelo bom andamento do fórum, qualquer coisa que eu diga é para o teu bem)

Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.


Última edição por Asclépio em Sex 26 Abr 2013, 15:26, editado 1 vez(es)
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Qui 25 Abr 2013, 21:07

Nalbert desceu do taxi com Lucca e ambos ficamos a procura de alguém que pudesse ser nosso inimigo, quando ouvimos um riso alto de um Semi-Deus atrás de nós, ele me dava um pouco de medo e com aquela espada do meu tamanho me dava uma pequena vontade de sair correndo e ficar rezando para os deuses.

Mas resolvi que ia lutar e logo percebi que ele fez um movimento com a espada que em questão de milésimos iria acertar o pescoço meu e de Lucca então o meu plano era me abaixar e gritar:

-Abaixa parceiro!
Rapidamente enquanto estava abaixado pretendo pegar minha espada de bronze celestial e meu escudo de platina e caso ele fizesse algum movimento rápido com a espada eu tentaria bloquear o golpe com o escudo, e caso fosse acertado estaria com a armadura debaixo da roupa.

-Lucca o distrai. Falaria enquanto o meu amigo provavelmente já estaria preparado para atacar o filho de Hermes com a espada em mãos e boné de invisibilidade na cabeça, com isso pretendo ficar com cerca de 10 metros de distância do inimigo, pegar meu Arco De Hera aproveitar minha vantagem que me dá mira perfeita e atirar uma flecha leoa contra o adversário.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Lucca D'Amstrong em Sex 26 Abr 2013, 11:50




Lucca desceu do taxi com Nalbert e ambos ficamos a procura de alguém que pudesse ser
nosso inimigo, quando ouvimos um riso alto de um Semideus atrás de nós, ele me
dava um pouco de medo e com aquela espada do tamanho do Nalbert me dava uma
vontade de sair correndo e Ficar dentro do meu quarto por toda a Eternidade.


Mas resolvi que lutar era a melhor opção, percebi que ele fez um movimento com a
espada que em questão de milésimos iria acertar o Nosso pescoço quando ouço um
grito.


-Abaixa parceiro!


Rapidamente enquanto abaixava pretendo pegar minha espada de bronze celestial e meu Boné da
invisibilidade e Preparar uma Distração, um movimento rápido com a minha espada
eu tentaria o golpe contra uma de suas pernas.


Meu Amigo Diz para que o distraia, sendo esse meu plano, vejo-o pegar seu arco de
Hera e se preparar para atirar em nosso oponente.


A Minha frente o nosso Oponente para o ataque contra o meu amigo quando Tento
ferir sua perna e me deslocar para outro Lugar.






Lucca D'Amstrong
avatar
Lucca D'Amstrong
Atena
Atena

Mensagens : 20

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Atena
Nível: 2
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Sex 26 Abr 2013, 15:23

Nalbert Contra-Ataca - A Vibração e o Completo Enlouquecimento – A Nova Perseguição
Post 6


Nalbert Contra-Ataca


A velocidade de Nalbert salvou sua vida, o garoto ainda conseguiu trazer de volt a sanidade seu parceiro, fazendo com que o filho de Hermes tivesse total fracasso. O garoto ainda mantinha o sorriso na face, correu na direção de Lucca, que vinha no mano a mano contra ele, arrastando sua espada no chão, porém era o chão que ficava danificando, sequer um arranhão aparecia na espada.

Lucca investiu contra os pés do veloz semideus, que pulou e chutou-lhe a face, fazendo Lucca cair sentado a três metros de distância. Esta seria a morte do semideus filho de Atena se não fosse por Nalbert, que atirou uma flecha no adversário e que acertaria sua face se não fosse impedida pela magia da espada.

A Vibração e o Completo Enlouquecimento

O item dado a Nalbert por Hefesto vibrou como nunca, o filho de Hermes caiu de joelhos, colocando a mão direita na face, olhou para Nalbert, seus olhos estavam vermelho sangue e seu nariz sangrava.

- Maldito! Como és capaz de carregar um artefato tão diabólico!? – O semideus falou, aterrorizado, sua espada começou a emitir uma luz azul-elétrico e ele começou a correr loucamente em direção ao Empire State.

A Nova perseguição


penalidade:

Lucca, sofreste uma punição porque teu primeiro paragrafo foi, até a última frase, copiado inteiramente do primeiro parágrafo de Nalbert. Gostaria que fizesse seu próprio post. Desta vez, somente o que tu fez foi prejudicado, porém na próxima a penalidade pode acabar prejudicando a dupla.
Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Sex 26 Abr 2013, 19:22

Eu não havia me dado muito bem com seu plano, mas conseguiu observar quando o item que havia ganhado de Hefesto fazer o meu inimigo sangrar como se estivesse levado um golpe muito forte, com uma arma super letal.

Nalbert também viu seu adversário fugir com caminho ao Empire State e pretendia, começar a correr atrás do filho de Hermes.

Nalbert o seguiria com objetivo de alcança-lo aproveitando e usando sua vantagem Furtividade, Nalbert logo raciocinou que uma espada do tamanho da que ele estava em mãos mesmo para o filho de Hermes iria atrasar um pouco seus passos, por causa do peso.

No meu plano também pretendo invocar um cão infernal com meus poderes de filho de Hécate, por ser um cão ele provavelmente teria uma velocidade muito alta e conseguiria ultrapassar o filho de Hermes com facilidade. O cão teria que ficar a frente do inimigo e atacar ao mesmo tempo em que eu atiro nove flechas leoas, assim complicaria, pois o inimigo teria que enfrentar dois adversários ao mesmo tempo.

Também gritaria:

-Lucca, ataca-o também.

Pois acho que Lucca já teria, provavelmente pensado em correr atrás do inimigo, assim se Lucca o ataca-se iria fazer três adversários contra o inimigo.







Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Lucca D'Amstrong em Sab 27 Abr 2013, 19:00

Lucca é Atingido por um chute do oponente, por ser maior que o Lucca o oponente o
joga longe e bruscamente, Fazendo os artefatos mágicos caírem por terra.
Lucca fica meio tonto e quase desacordado, ferido e sentindo dor ouve um grito do
Nalbert:

-Lucca, ataca-o também.

Tentaria me levantar, mas não conseguiria ir atrás do oponente, usaria o meu ramo de salgueiro
se levantaria e procuraria um veiculo como uma moto (por ser de fácil condução)
e iria atrás do inimigo.




Lucca D'Amstrong
avatar
Lucca D'Amstrong
Atena
Atena

Mensagens : 20

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Atena
Nível: 2
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Dom 28 Abr 2013, 19:04

Resultado dos Ataques e a Perseguição de Lucca - O Contra-Ataque – O Ataque Eficaz
Post 7


Resultado dos Ataques e a Perseguição de Lucca

O filho de Hermes corria e via a seu lado um tremendo Cão Infernal, o animal o seguira com sua velocidade absurda, mas o semideus conseguiu mantê-lo longe, usando sua velocidade sobre humana. Oito dos tiros de Nalbert foram desviados e outro acerto a costela do adversário. Das desviadas, duas pegaram fundo no pelo do Cão Infernal.

Lucca seguia-os de taxi, um taxi abandonado com chave a tudo mais em frente a uma loja. Ainda tonto da pancada, o semideus desceu do taxi quando alcançou o semideus e o Cão, mas quando começou a ganhar muita velocidade, estava parelho com Nalbert, a alguns metros dos dois adversários.

A cena vista pelos dois foi feia, o Cão finalmente tomara a frente e fizera uma curva em direção a frente do semideus, pulou quando achou certo e estava para abocanhar ele quando a espada colidiu com sua boca, muito pior foi quando uma das patas do animal fez um corte profundo no ladrão de espadas, impossibilitando ele de mexer a parte direita da face. O cão já havia sumido quando o semideus largou no chão sua gigante espada e puxou duas pequenas foices vermelhas do tamanho de seu antebraço, este correu em direção a Nalbert e Lucca.

O Contra-Ataque


Poucos metros antes da colisão os três estavam com armas prontas, mas o traidor fez um movimento brusco com suas foices, abrindo o punhal e revelando uma corrente vermelha que dava a oportunidade de um ataque a longa distância. O semideus girou, com os braços abertos e fazendo seguidos ataques aos adversários usando a foice. Se os mesmo se aproximassem simplesmente correriam. Nenhum ataque seria eficaz, ou não?

O Ataque Eficaz


Spoiler:
Cara, não gostei nada deste turno, achei fraco e sem criatividade. Lucca não deveria determinar que não era capaz de seguir o semideus, muito menos roubar. Estou começando a ficar estressado com estes erros bobos e fáceis de se evitar.
Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Seg 29 Abr 2013, 13:27

Nalbert após ver as foices do inimigo tenho o plano de pegar meu escudo e ficar meio que agachado atrás dele me protegendo e aproveito minha vantagem furtividade que me permite fazer itens como roubo sem ser notado, assim vou até a espada e pretendo soltar o escudo e pega-la.

Após isso pretendo chegar atrás do inimigo ainda agachado, caso ele note pretendo fazer um movimento rápido e com um giro de cento e oitenta graus na vertical tentar atingir a costela que já fora ferida e depois me levantar e tentar atingir a artéria do pescoço com objetivo de mata-lo, caso não eu vou pegar meu bastão víbora, e bater com muita força na parte de trás do seu joelho direito com um movimento rápido que deve ser feito em um giro de noventa graus, assim provavelmente ele cairia então eu invoco 5 serpentes com meu bastão víbora e mando que segurem o inimigo para assim finalizar com um golpe em seu peito.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Lucca D'Amstrong em Seg 29 Abr 2013, 16:45

O semideus puxa duas pequenas vermelhas do tamanho de seu antebraço, e correu em direção a
Nalbert e Lucca.
Os
três estavam com armas prontas, mas o traidor fez um movimento brusco com suas
foices, abrindo o punhal e revelando uma corrente vermelha que dava a
oportunidade de um ataque a longa distância. Se os mesmo se aproximassem
simplesmente correriam. Nenhum ataque seria eficaz.




Lucca tem o Plano de colocar seu boné e efetuar um ataque pelas costas do oponente já
que o mesmo não esta mais com suas forças normais, o ferindo e facilitando um
ataque Fatal do Nalbert.




Lucca D'Amstrong
avatar
Lucca D'Amstrong
Atena
Atena

Mensagens : 20

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Atena
Nível: 2
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Qua 01 Maio 2013, 15:55

O Resultado Desastroso - O Ataque Mortal - Semideuses a Beira da Morte
Post 8


O Resultado Desastroso

Nalbert e Lucca tentam se aproximar porém o redemoinho de lâminas que o semideus fazia era impenetrável, Lucca foi ferido profundamente na coxa, enquanto Nalbert sentiu como se a pele do braço estivesse se separando pouco acima do cotovelo. O escudo caiu da mão do filho de Hécate enquanto ele saltava para trás. O filho de Hermes fez uma última volta quando se sentiu quase tonto e fez com que as correntes subissem a uma altura gigante, porém na metade do caminho elas foram puxadas bruscamente, uma arranhou uma extremidade da perna esquerda de Lucca enquanto a outra grudou como prego pé de Nalbert com o chão.

O Ataque Mortal

A visão de tanto sangue deixaria os semideuses desmaiarem, mas o adversário já tinha recolhido as lâminas e empunhava uma nova arma, uma lança com a ponta vermelha, sua velocidade era incrível e cada segundo ele se aproximava muito dos semideuses, que estavam completamente feridos.

Semideuses a Beira da Morte


Punição:
LEIAM MEUS POST COM ATÊNÇÃO, o cara estava imune a qualquer ataque terrestre, na frente ou atrás, ele estava dentro de um círculo onde a extremidade deste era feita por lâminas a mil quilometros por hora, não há como passar. Vocês vão ter que subir a maturidadded, criatividade e qualidade de seus post umas 10 vezes para sobreviver a um ataque desses estando tão feridos.
A estas horas se Zeus mestrasse esta missão vocês estariam no submundo, cuidado.

Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Lucca D'Amstrong em Sex 03 Maio 2013, 13:36

Lucca está ferido e sangrando muito, logo observa que o inimigo se aproxima a cada segundo com uma velocidade extrema com uma novo arma em mãos uma Lança Grande com a ponta vermelha, mas Lucca não se interessava em saber o que a ponta vermelha significava.

O mesmo vê que o pé de Nalbert está á sangrar muito então tem o plano de tentar levantar e ajudar o Nalbert para que possamos se afastar do oponente com isso dou a ele o meu ramo de salgueiro que recupera 10% de vida para que ele possa lutar contra o inimigo por ser mais experiente do que eu em batalhas contra Semi-Deuses. Lucca então começa atirar varias vezes com seu arco no inimigo com intuito de fazer sua aproximação ser mais lenta




Lucca D'Amstrong
avatar
Lucca D'Amstrong
Atena
Atena

Mensagens : 20

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Atena
Nível: 2
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Seg 06 Maio 2013, 19:19

O semi-deus tem o plano de pegar seu bastão víbora e invocar 5 serpentes e mandar que ganhem algum tempo para Nalbert depois jogo o bastão víbora na cabeça do Filho de Hermes (aproveito e uso minha vantagem mira avançada que deixa minha pontaria quase que perfeita) todas estas ações são feitas com o intuito de ganhar tempo para pegar o ramo de salgueiro de Lucca que provavelmente já estaria lá por causa da sua vantagem de agilidade e usá-lo, depois Nalbert pega sua flauta de Orfeu rapidamente e em sequência toca sua segunda e última canção, e a canção nem fora pensada pelo heroi que já foi tocando á única melodia que lhe parecia ser conveniente ao momento a canção de controlamento, considerando que não há chances de fuga da melodia da flauta quando provavelmente vê-lo “hipnotizado”, diria a seguinte frase:(aproveitando e também usando minha vantagem eloquente)

-Traidor. Você não honrou a benção que recebera dos deuses, hoje você morrerá aos pés do bem, mas não será o bem que lhe matará você deverá cometer suicídio visando a todos os males que fez a aqueles que só queriam a justiça e a paz...

Assim esperaria que ele se suicidasse.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Ter 07 Maio 2013, 20:25

O Sem Vantagens - O Desafio - A Decisão
Post 9


O Sem Vantagens

A cabeça de Nalbert quase explodiu de raiva quando quatro das cobras foram mortas. O semideus pulou e acertou a cabeça da quinta e então sentiu um baque, sua visão havia falhado e agora sua testa estava quente e sua visão mais turva. Colocou a mão na testa e amaldiçoou os semideuses, olhou-os com ódio enquanto olhava sua mão ensanguentada. Lucca não teve tempo, em alguns segundos estava desacordado e com uma faca cravada no nevro entre o pescoço e o ombro.

O Desafio

- Só você eu, por enquanto, Nalbert – Sorriu o semideus – Essas músicas não vão me iludir, eu te desafio a um duelo que vale a vida de Lucca, seu amigo. Se você vencer, pode levar a espada, porém se perder terá que matar Lucca com suas mãos maldosas e enfeitiçadas de um filho de Hécate. Por último será largado a vaguear pelo mundo sem memória e, praticamente, sem vida. – O semideus dava um olhar maníaco para Nalbert – Mas você pode recusar e ser morto junto com esse filho de Atena. Decida, seu covarde!

A Decisão


Regras:

Tens no máximo 1 semana de limite para cada post
Como disse, mínimno de 8 linhas (isso que significa acima de 7)
Criei um esquema onde tu só precisa completar meu post com tuas ações, seja criativo e não determine NADA.
Aproveite sua missão, pois eu gostaria de ter uma missão tão planejadinha assim.
Pretendo não demorar mais de dois dias para postar, se demorar isso, algo sério aconteceu, mas vou lutar pra não passar disso.
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Ter 07 Maio 2013, 21:27

Nalbert diz rapidamente e sem pensar:
-Você não deveria chamar alguém de covarde sem saber se ele aceita ou não seu desafio, e eu aceito seu desafio.

O Semi-Deus pretende retirar rapidamente a sua espada de bronze celestial da mochila - inventario e pegar o seu escudo que estava pouco a sua frente. Nalbert Sente uma pequena dor no seu cotovelo e logo se lembra que ele estava com a armadura debaixo da roupa.

Ando lentamente em direção ao inimigo, tentando gastar o mínimo possível de energia caso o inimigo venha em minha direção e me ataque eu tentaria impulsionar o escudo para frente tentando acertar seu rosto antes que ele me acertasse com sua arma.

Caso ele jogasse a lança eu pegaria minha lança jogaria nele também (usando minha vantagem mira avançada), e tentaria fugir da lança do inimigo.

Caso ele ficasse parado eu iria até ele e impulsionaria a minha espada para frente (tipo um tuchê) tentando cortar a Artéria do lado direito do seu pescoço que está imóvel, isto deixaria uma grande abertura, então caso ele tentasse me atacar pelo lado direito pararia o meu golpe e bloquearia o dele com a espada caso fosse pelo lado esquerdo tentaria bloquear com o escudo.






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Asclépio em Dom 12 Maio 2013, 18:01

O Sem Vantagens - O Desafio - A Decisão
Post 10


Foi muito rápido, logo uma colisão do escudo que fez Nalbert recuar, uma lâmina surgindo por cima, contra o sol, mirando na cabeça de Nalbert, que foi salvo por seus reflexos ao afasta-la com a espada. O filho de Hécate saltou por cima do semideus, quase foi morto novamente, se defendendo com o escudo mais uma vez. A lança do filho de Hermes cortou Nalbert, mas o semideus contra-atacou com eficiência e quebrou a lança do adversário. Com um chute no estomago Nalbert foi para longe, mas a arma do oponente jazia no chão. Agora era a maldita Espada de Perseu que ele empunhava enfurecidamente.

Obs: Desculpa a demora, fiquei muito ocupado, mas vou voltar com tudo. Vamos lá, Nalbert, se fosse Zeus aqui vocês estariam mortos, mas eu quero dar uma chance pra vocês... Confio em ti, cara!
avatar
Asclépio

Mensagens : 13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Nalbert Luiz em Dom 12 Maio 2013, 19:44


Senti uma enorme dor ao receber o chute na barriga, até fiquei com uma pequena dificuldade de respiração, mas aquilo não me impediria de continuar a lutar. Logo notei que o garoto estava com a espada de Perseu em mãos, vendo aquilo resmunguei para mim mesmo.
-Esta espada de novo, ela está me dando muitos problemas, mas afinal só estou aqui por causa dela.
Pretendo fazer um movimento muito rápido, soltando minha espada e meu escudo e pegando meu Arco de Hera e assim mirando e pretendendo atirar uma flecha leoa(que faz um rugido quando é atirada) em seu rosto(com intuito de ganhar tempo, feri-lo e distrai-lo). Após o movimento pretendo pegar minha espada e meu escudo e partir em sua direção assim que estiver a sua frente pretendo colocar meu escudo em forma defensiva e minha espada com um giro de 45 graus deve cortar a artéria do lado direito do seu pescoço(aproveitando que este lado está paralisado), mas caso ele me ataque antes eu irei por-me totalmente em modo defensivo e assim que provavelmente defender-me tentaria dar um salto e chuta-lo depois recuar.

Cara, obrigadão pela chance que você está me dando!






Vantagens:

Articulações Ultraflexíveis;
Noção do Perigo;
Eloquente;
Furtividade;
Mira Avançada.


Desvantagens:

Código de Honra (Código do Criador);
Aura Má;
Hábito Desagradável (Cuspir o tempo todo);
Complexo de Culpa.
avatar
Nalbert Luiz

Mensagens : 56

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filho de Hécate
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Espada de Perseu - Missão de Nalbert Luiz

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum