Ficha de Jhulye Oliveira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Jhulye Oliveira

Mensagem por Jhulye Oliveira em Ter 08 Out 2013, 00:46

Sexo: Feminino

Idade: 16

Raça: Semideus

Destreza: Direito

Características:
Positivas: Agilidade(2 pontos),habilidades em velocidade(2pontos),resistência,lábia.
Negativas: Curiosidade.

Qual seu/sua pai/mãe divino/a? Hermes.

Quais as características fisicas e de personalidade que lhe ligam a esta divindade?
Lábia: Por ser filha do deus dos discursos,consigo convencer pessoas com uma boa lábia. Tenho técnicas de sobrevivência,minha mente trabalha para procurar algo a meu favor. Se eu for largado em qualquer lugar do mundo,consigo me virar e sobreviver, recorrendo a qualquer coisa que eu achar. Meu cansaço é reduzido,não me canso fácilmente. Sou magra e atlética.

História: Após uma longa aula de matemática,como de costume,sempre na hora do intervalo sento-me em baixo de uma árvore perto do refeitório. Se sempre fico sozinha? Respondo-lhe que sim. Nunca faço amizades pelo o fato de ser timida e diferente de outros alunos.
-Vejam meninas,uma disléxia-disse Lorrane.
Lorrane e suas amigas,são as meninas mais "polulares"da minha escola. Para ela,eu era um motivo de piada por ser disléxia.
-Tão esquisita-ouvia risos de suas amigas.
-Posso ser disléxia,mas sou mais inteligente que você.
-Olhem,a menina timida se manifestou- disse rindo-o que adianta ser mais inteligente,se tenho popularidade?
-O que adianta ter popularidade,se não vai ser para sempre?-senti raiva em seus olhos.
Lorrane tinha um copo de vitámina em sua mão direita e jogou sobre meu matérial escolar que estava ao meu lado sobre o chão.
-ops,foi sem querer-disse com irônia enquanto suas amigas riam.
-Tudo bem -levantei-me do chão.
Peguei meu matérial escolar e fui para minha sala de aula. Sentei-me em minha cadeira e lágrimas começaram cair de meus olhos.
-Na hora do intervalo os alunos não podem ficar em sala de aula-disse minha professora de matemática entrando na sala.
-Desculpe-me,eu só queria ficar um pouco sozinha.-abaxei a cabeça.
-Como se eu fosse acreditar-seu tom de voz havia ficado diferente- Sei que você planeja algo.
-Eu?-perguntei- O que eu poderia fazer?
-Me diga você meio-sangue -seus olhos mudaram de castanhos,para uma cor negra.
-M..meio o que?- levantei-me dando passos para trás.
-Não me diga que não sabe-apróximando-se.
-O que eu fiz para você sra. Danger?-disse com nó na gargante- Não estou entendendo.
-Vou fazer você entender.
Não sei se era algo da minha imaginação. Asas surgiram de suas costas,garras afiadas cresceram de suas mãos e quando sua tranformação terminou-se,pude ver que minha professora havia se transformado em uma "fúria". Como eu podia saber? eu sempre lia e estudava algo sobre mitologia grega.
-Aaaah -gritei.
Cai sobre o chão e levantei-me o mais rápido que pude.
-Deixe-me em paz.
Sai correndo em direção a porta,de repente escutei um "Uuiish" e fui atirada contra parede.
-Socorro-gritei caida no chão.
-Ninguém vai salvar você.
-Acho que se enganou-meu professor de história entrou na sala.
-Fuja,ela vai lhe atacar-gritei.
Meu professor de história sempre me ensinava algo sobre mitologia em suas aulas. Ele tem cabelos castanhos até o ombro,é branco, usa óculos de grau,tem olhos castanho escuro e anda de cadeira de rodas. Senti medo em pensar que aquela fúria pudesse fazer algo a ele,ele era meu unico amigo.
-Pegue-ele jogou uma faca de bronse em minha direção.
No mesmo momento a fúria o atacou jogando-o com sua cadeira de rodas ao chão.
-Não.-gritei
Levantei-me do chão pegando a faca de bronse. Corri com velocidade em direção a fúria,subi em cima de uma mesa pulando sobre suas costas. Enquanto a fúria se debatia,agarrei-me em seu pescoço.
-Saia de cima de mim meio-sangue-gritou com ódio.
Suas garras jogaram-me contra mesas e cadeiras no fundo da sala.
-Aaai-gritei de dor.
-Use-a -disse meu professor levantando-se - use a faca.
A fúria veio voando sobre mim. Suas garras apertavam meus ombros segurando-me no ar.
-Agora será seu fim-riu friamente.
-Acho que será o seu-gritei.
Soltei um dos meus ombros das garras da fúria"no braço onde estava a faca"saquei a faca de bronse e a enfiei na garganta da fúria. Em segundos a fúria se transformou em pó,cai do ar sobre o chão batendo minha cabeça com força em uma mesa.

                                                                                                     [...]
Acordei-me com muita dor no corpo. Levantei-me e pude perceber que eu estava sentada em uma cama. Olhei para várias direções e para onde olhava,pude ver vários adolecentes com ferimentos.
-Finalmente acordou-eu reconhecia aquela voz.
Olhei para trás e meu professor de história estava me observando.
-Onde estou?-perguntei-lhe com dor.
-Na enfermária do acampamento meio sangue-respondeu-me.
-Acampamento?- não conseguia entender.
-Sim. Você é uma semideus,como aqueles heróis que eu lhe ensinei nas aulas de história-sorriu.
-Não pode ser-coloquei as mãos entre o rosto.
-Acredite. Por isso você lutou com uma fúria em sua escola.
-então..não foi um sonho-ele confirmou com a cabeça.
Não podia ser,eu não era uma semideus. Tudo não podia passar de uma grande brincadeira.
-Professor..não pode ser-disse com a voz falha.
-Pode me chamar de Quírom-ele se levantou da cadeira de rodas.
De sua cintura para cima,era um homem. De sua cintura para baixo,era metade do corpo de um cavalo.
-Vo..v..você é um sátiro?-senti meu corpo gelar.
-Sim. Venha,tenho muitas coisas para lhe explicar.
Quírom me explicou cada detalhe. Nunca pensei que eu poderia ser uma semideus,cada lembrança se misturava em minha cabeça. Quírom me levou para passear pelo o acampamento enquanto me explicava cada regra.
-Chegamos-disse Quírom- Esse é o chalé de Hermes,você ficará aqui até um deus lhe anunciar com filha.
-Tome-ele me entregou minha mochila da escola- peguei algumas coisas em sua casa.
- E meus pais?-perguntei-lhe.
-Expliquei tudo para sua mãe,ela sabe que você é uma semideus-respondeu-me -por isso ela mandou roupas e tudo que precisa .
-Ela disse quando vai poder me visitar?
-Quando puder-abaxei a cabeça-Agora conheça seu chalé.
Quírom me deixou na frente do chalé de Hermes e depois se retirou. Contei até três,respirei fundo e entrei no chalé.

Jhulye Oliveira
Hermes
Hermes

Mensagens : 22

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Hermes
Nível: 3
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Jhulye Oliveira

Mensagem por Atena em Qua 30 Out 2013, 20:44

Ficha aceita bem vinda




Athena deusa da Sabedoria
Deusa Olimpiana • Staffer • Inteligente •  Linda • Guerreira


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
avatar
Atena

Mensagens : 36

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum