[FP] Valentina D. Fabray

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Valentina D. Fabray

Mensagem por Valentina D. Levine em Sab 04 Jan 2014, 10:32

Sexo: Feminino.

Idade: 16 anos.

Destreza: Direito.

Características:
Positivas: Coração Mole, Crédulo e Curioso.
Negativas: Articulações Ultraflexíveis, Arte e Convicto.

História


Eu estava sentada, na frente da mesinha que ficava no jardim de nossa casa. Meu pai, Ethan Levine, estava fazendo seus biscoitos, receita de minha mãe. Eu morava em uma família adotiva. Sempre lembrei que até os três anos, vivi em um orfanato. Eu tinha um irmão, Adam, ele deve ter ficado no orfanato, pois nunca nos encontramos. Eu estava com meu caderno escrevendo bobagens, eram mais ou menos 17:00 da tarde, minha ,mãe estava sentada no meu lado, até que papai chegou.
-Olá, minhas queridas! -exclamou meu pai trazendo seus cookies, ele tinham um cheiro delicioso, então logo peguei um.
-Olá! -sorri e minha mãe fez o mesmo, aquilo seria uma linda cena se os dois não tivessem saído dali. Meus pais trabalham em uma empresa, então estão sempre ocupados, ambos saíram no carro de meu pai. Fiquei sozinha no jardim com uma bandeja cheia de biscoitos. Peguei o celular e liguei para Jeremy, meu melhor amigo. Liguei para Lizzy, uma maluca. Maluca o bastante para também ser minha melhor amiga.
Assim que eles chegaram, lhes ofereci biscoitos. Os dois aceitaram e começamos a conversar.
-Adoro sua mira, ela é tipo.. uao! -exclamou Lizzy.
-Lizzy, não exagere. Além disso, nem sou tão boa assim. -rimos, os dois me achavam incrível, mas também me achavam louca. Sempre disse que o zelador da escola me olhava de modo estranho e certa vez, juro ter visto ele com uma cauda. Óbvio, aquilo deveria ser coisa da minha cabeça.
Ouvi um barulho dentro de casa, como se alguém estivesse revirando meu quarto. Meus amigos me olharam e corremos para dentro da casa.

[...]

A casa estava toda revirada. Vasos estavam destruídos no chão, tudo estava arrasado. Seja lá o que aconteceu aqui, não foram os meus pais. Lizzy, Jeremy e eu seguimos pela sala, até começarmos a subir as escadas. De lá, vinham barulhos como se estivessem querendo alguma coisa.
-Vamos subir! –fui na frente, eles tiveram de me seguir. Lizzy presenteou-me com um vazo quebrado, para usar quando estivesse com problemas. Assim, subimos as escadas e ficamos no corredor dos quartos. –Lizzy, entra no meu quarto pelo banheiro!
Lizzy abriu a porta do banheiro com cuidado e se escondeu lá dentro, Jeremy estava com um bastão nas mãos, mas não me lembro de vê-lo com um bastão. Assim, eu e ele seguimos para a porta do quarto. A porta estava aberta, e minhas roupas estavam espalhadas pelo chão, algo estava revirando meu guarda-roupa.
-Ei! -Lizzy saiu do banheiro segurando perfumes, ela se assustou com as criaturas que viu lá dentro, eram muito estranhas. Eram mais ou menos assim: Suas cabeças eram como de um cão, focinho preto, com olhos castanhos e orelhas pontudas. Corpo negro e pernas curtas, metade nadadeira, metade pernas normais. Suas mãos seriam bem humanas, se não houvessem garras afiadíssimas. Lizzy estava borrifando perfumes em seus olhos, atrasando-os. Jeremy entrou em ação.
-Morram, Telquines! -Jeremy acertou o primeiro com seu bastão, jogando-o da janela. O outro empurrou Lizzy e ela caiu, então avancei antes que ele atacasse Jeremy, pulei nos ombros do monstro e o furei com meu broche de cabelo. O Telquine urrou e me atirou para trás, cai de costas na cama e vi Lizzy chutando e socando, até o Telquine cortá-la com suas garras, ela caiu atordoada com o braço sangrando. Jeremy o acertou no pescoço com o bastão e a criatura dissolveu-se em pó. Jeremy reuniu todas as minhas roupas e colocou todas em uma mala, colocou algumas coisas que eu precisava e fomos para o carro de Jeremy, que estava estacionado na frente de casa. Fomos para a estrada e chegamos em uma colina, Jeremy me deu as malas e subimos, até eu ver uma placa dizendo "Acampamento Meio-Sangue".

Questionário.

I) Qual desses adjetivos te descreve melhor?
f) Alegre.

II) Se um dos seus amigos sumisse, o que você faria?
d) Sentaria para pensar – sem agir precipitadamente – tomando assim melhor decisão pensada.

III) Nas horas vagas, você gosta de:
i) Tocar algum instrumento, ouvir música ou fazer poesia.

IV) Sobre a sua família:
e) Sempre estamos juntos, mesmo nas viagens ou nas encrencas.

V) Qual estilo de luta se aproxima mais do seu:
c) Começo a atacar de longe, atirando coisas.

VI) Você está passando pelo bosque quando vê um cara tentando pôr fogo nas árvores. O que você faz?
c) Mando uma mensagem para as autoridades denunciando aquilo.

VII) Como seria seu par perfeito, mais ou menos?
b) Dócil, lindo e delicado.

VIII) O que mais gosta (ou gostaria) de fazer nas férias?
f) Conhecer outros lugares e pessoas.

IX) Se você pudesse escolher seu(sua) pai/mãe divino(a), quem seria?
Apolo.
avatar
Valentina D. Levine

Mensagens : 9

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Valentina D. Fabray

Mensagem por Éris em Sab 04 Jan 2014, 10:35

Ficha aceita, bem vinda ao Acampamento, filha de Apolo.




Deusa Menor | Deusa da Discordia e do Caos | Glorious Chaos <3
Deusa Éris
avatar
Éris

Mensagens : 165

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum