Acusada -Missão para Annabeth Chase

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Circe em Seg 07 Abr 2014, 17:41

Na arena, os únicos sons ouvidos naquela hora eram os gritos de guerra de uma garota. Ela treinava com bonecos de madeira vorazmente, brandindo uma pequena adaga. Seus olhos cinzentos cor de tempestade estavam escurecidos. Assim que ela cortou o rosto de pano dos bonecos, guardou a adaga e se sentou na arquibancada de mármore. Ela mexia em sua pequena arma, quando uma voz ecoou pela arena.


-Me ajude! -Annabeth ficou em posição de ataque no mesmo instante, então notou que estava sozinha. Um frio percorreu a sua espinha. -Me ajude! O que está esperando?! -Então a filha de Atena viu algo tremeluzindo atrás de si. Mensagem de Íris. A filha de Atena, cautelosa, olhou para a nuvem mágica que mostrava uma garota, em um local que parecia uma ilha. Curiosa, perguntou:


-Quem é você? -seu tom era confiante, mas talvez pudesse acabar vacilando.


-Filha de Hécate. Estou presa em uma ilha... Feiticeiras, magia... -a tal garota parou de falar coisas com sentindo e ficou balbuciando algumas palavras. Annabeth guardou a adaga, olhando para a garota sem entender, quando ouviu vozes femininas mais atrás.

-Lá! -era possível se ouvir passos, então uma chama verde destruiu a mensagem de Íris, deixando a filha de Atena frustrada. Então ela sacou tudo: Ilha, garotas, filha de Hécate... A Ilha de Circe. Mar de Monstros.

Ela saiu da arena correndo, rumo à Casa Grande.

instruções:
Diga como foi o seu dia, seu treino na arena e a conversa com a tal garota. Diga seu percurso até a Casa Grande. Não esqueça de postar as armas levadas em spoiler. Tens uma semana para postar, caso não o faças, sua missão será cancelada.
[/color]





i'm circe, bitch!

Because whenever I needed it, where were you? Now, no longer need, want no more. Just short of my life. Not appear. Do not make me suffer more. If you love me, go away and not come back.

avatar
Circe

Mensagens : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Ter 08 Abr 2014, 12:19


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

Somente lembro de ter ido dormir tarde na noite anterior e então... o sonho...
Eu estava com as duas indeterminadas, que eu conhecera a pouco no acampamento,o lugar que estávamos era horripilante,o cheiro horrível,os gemidos agonizantes das pessoas mortas ao meu redor,o mundo inferior,tudo me dava náuseas, e então, o homem que parecia mais um mendigo,segurando rédeas,ele era diferente,não emitia ruídos como a maioria ali,mas não se diferenciava dos demais somente por isso,ele tremia de uma maneira estranha,foi ai que ele nos notou,seus olhos demonstravam medo.
Então a cobra apareceu engolindo o homem, ela sibilava pra mim prestes a dar o bote, seus olhos vermelhos penetravam minha alma, e então ela atacou...
E o sonho mudou dessa vez era uma garota ela corria por entre arvores de uma floresta densa, fugindo de algo ou alguém.

-Me ajude... você precisa vir pra cá...estão atrás de mim, ela está vindo quer me pegar,rápido , Me salvem...Socorro.
Eu acordei assustada,passei a mão no rosto e olhei ao redor, eu ainda estava no chale de Atena, segura em minha cama, foi apenas um sonho Annie. Disse a mim mesma tentando normalizar a respiração. Mais uma noite de pesadelos, eu não dormia bem faziam dias.
Assim que estava mais calma pulei da cama e fui para o banheiro, após um banho demorado, me vesti com algo simples. Jeans e camiseta e meu inseparável all star.
Segui para o refeitório e tomei meu café da manha, um tipico dia no acampamento, e sentei com meus irmãos.

-Bom dia Soph- sorri pra minha irmã mais nova sentada ao meu lado.
-Bom dia Annie- ela respondeu me mostrando seus dentinhos de leite, era tão pequena e tão fofa. Me lembrava a mim mesma quando tinha sua idade.
Eu chegara no acampamento em um dia que nem preferia lembrar, eu tinha apenas 6 anos quando fugi de casa...
Depois de um café da manhã revigorante eu tinha que treinar, nada melhor para espantar pesadelos e o mal humor de uma noite mal dormida.
Chegando lá,e olhei os bonecos de treino, me concentrando no que fazer. Virei-me para os bonecos girando a espada na mão. Eram quatro.
Parti contra o primeiro e girei a espada na horizontal sobre seu tórax, atravessando-o com força. Ainda no embalo, giro o corpo novamente para o lado como se o boneco fosse me atacar, e subo o braço armado da espada, atravessando o queixo do boneco. Giro a lâmina novamente na horizontal, decapitando-o.
Avancei em direção ao segundo e puxei o braço armado lá de trás,curvei o tronco para a frente como se fosse me abaixar e uma lâmina passasse por cima de minha cabeça, passando a lâmina de minha espada sobre os joelhos de madeira do boneco, cortando-os fora. Subi a espada entre seus olhos, perfurando-o. Puxei a espada para baixo na vertical, rasgando o boneco.
O terceiro apenas passo a lâmina em sua cintura na horizontal, cortando-o ao meio, e no ultimo, apenas corto-o de cima para baixo na vertical, dividindo-o em dois.
Parei um pouco para descansar, e foi quando ouvi passos atrás de mim. Virei-me para ver quem era e abri um sorriso.
Era um dos filhos de Apolo, um garoto com quem eu treinara alguns dias atras .Ele carregava uma adaga simples na mão, e um escudo na outra.Ele sorriu e chegou perto dizendo:

- Que tal eu e você treinarmos juntos outra vez?
Deixei o corpo ereto novamente e o fitei, inclinando um pouco a cabeça para o lado.
Acenei com a cabeça positivamente , erguendo a espada em frente ao tórax e sorrindo levemente.
O garoto correu em minha direção e tentou me cortar com sua adaga,mas dei um passo na diagonal e deixei a lâmina da espada na horizontal, na direção do seu ombro onde se encontrava o escudo, para cortá-lo. Ele para meu golpe com o escudo de bronze que carregava. Sem falar nada,finjo que vou ataca-lo no tórax, mas para sua surpresa, me abaixo e ataco suas pernas;
passo a ponta da lâmina sobre seu pé direito, derrubando-o no chão.
Ergo a espada para golpeá-lo no tórax mas quando desço a mesma, o garoto rola para o lado.

- Você luta bem- ele sorriu arfante.
O garoto de Apolo me atacou novamente. Ele tentou um golpe direto no peito, mas botei a espada na horizontal em frente a meu peito, aparando sua adaga. Agarro o cabo da espada com as duas mãos e giro a lâmina em torno da adaga do filho de Apolo, acertando sua mão com a ponta da espada, fazendo este largar a adaga. Empurro seu tórax, mandando-o para o chão.
- Foi uma bola luta.
Ajudei ele a se levantar e este bateu sua roupa, limpando a sujeira. Ele me dirigiu um rápido sorriso, pegando sua arma no chão e saindo da arena, para mim não estava bom então saquei minha adaga presa a cintura e continuei a rasgar os bonecos de treino por mais meia hora, até me cansar e sentar na arquibancada girando a adaga na mão distraidamente.
Uma voz ecoou na arena vazia, me virei pra trás vendo a imagem tremeluzir, a garota com que sonhara mais cedo estava bem ali, arregalei os olhos até perceber que aquilo era uma mensagem de Iris.

-Me ajude!-disse a garota da imagem
-Quem é você?-perguntei firme e curiosa.
-Filha de Hécate. Estou presa em uma ilha... Feiticeiras, magia... -a tal garota parou de falar coisas com sentindo e ficou balbuciando algumas palavras. Encarei a garota procurando entender suas palavras, mas outras vozes se fizeram ouvir nesse momento.
-Lá!- alguém corria pela ilha, era possível identificar a perseguição, e uma explosão verde desfez a mensagem, me deixando frustrada, mas então minha ficha caiu, ilha com feiticeiras, só podia ser Circe.
Sai em disparada da arena em direção a casa grande, e abri a porta em um solavanco.

-Quiron, a filha de Hecate!- comecei a dizer mas fui interrompida pelo jeito o velho centauro de tudo já sabia.
-Você precisa partir imediatamente Annabeth, arrume suas coisas o mais rápido possível, Argos a espera na colina.-disse o velho assenti saindo dali e correndo para o chalé de Atena.
Peguei uma mochila jogando dentro, uma garrafa de néctar, um pouco de ambrosia, óculos especiais, um par de roupas extras, um gps, comida e água, nada desnecessário, coloquei meu bracelete, minha adaga favorita e meu boné de invisibilidade. Olhei ao redor vendo se não esquecia de nada, foi quando vi algo em minha comoda, o medalhão que ganhara de Ártemis junto a um anel, peguei os dois e corri pra fora do chale em direção a colina.
E com um ultimo olhar para trás, parti do meu lar, não sabendo quando, ou se voltaria a vê-lo.

Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Circe em Qui 10 Abr 2014, 18:14

Rápida, Annabeth logo arrumara suas coisas e partia na direção da Colina, dando uma boa olhada no lugar incrível que estava deixando. Seus olhos cinzentos estavam pensativos, seu jeito de sempre. Ela subiu a colina, passou pelo Pinheiro de Thalia e viu a van lá em baixo, lhe aguardando. Argos, o chefe da segurança do Acampamento, estava encostado na van, esperando Annabeth.

-Pois bem. -murmurou para si, e desceu a colina. O ar frio era serena e calmo. Alguns pássaros cantavam nos galhos nas copas das árvores. Assim que embarcou, Annabeth deu a ordem antes mesmo de Argos perguntar.

-Vamos para o porto de Nova Iorque. Preciso de um barco. -Como sempre, o tal motorista não falou nada, assentiu e ligou o veículo. Ambos seguiram em direção a Nova Iorque.



Instruções:
Diga a sua viagem até o porto da cidade. Lá, um barco especial lhe espera, já pronto para partir. Sempre diga as armas usadas e os poderes em seus posts. Por hora, é isso.





i'm circe, bitch!

Because whenever I needed it, where were you? Now, no longer need, want no more. Just short of my life. Not appear. Do not make me suffer more. If you love me, go away and not come back.

avatar
Circe

Mensagens : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Sex 11 Abr 2014, 13:15


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

Um ultimo olhar, meu lar parecia tão distante agora, pensamentos de uma lembrança antiga invadiam minha mente, mas por hora era melhor deixar isso de lado.
Comecei a descer a colina onde Argos me esperava com a Van do acampamento, mas algo chamou minha atenção, o pinheiro, não qualquer um, mas o pinheiro de Thalia, minha melhor amiga...
Fazia tanto tempo desde a ultima vez, ousei olhar para cima, onde algo brilhava no galho mais baixo, o velocino de ouro... Não, não podia pensar nisso agora eu tinha que me concentrar.

-Pois bem... vamos la corujinha- murmurou para si mesmo a filha de Atena.
Desci colina abaixo e cumprimentei Argos subindo na Van do acampamento, e antes mesmo que o chefe de segurança perguntasse respondi.

-Vamos para o porto de Nova Iorque. Preciso de um barco.- Argos como sempre não falou nada, apenas me encarou com aqueles milhões de olhos azuis, era impressionante como depois de tantos anos, ele não mudara nem um pouco.
Assim a Van foi ligada e partimos do acampamento, me aconcheguei ao banco de coro de trás da Van, onde me encontrava sentada, pensamentos de como salvaria a menina me rondavam a mente e que perigos me aguardavam, eu não sabia o que esperar.
Mas então uma lembrança distante ocupou minha mente, e eu não tive como escapar...
....

–Onde fica o inferno?-Percy nos perguntou,e o homem ouviu.
–Menino,você deveria ler a bíblia.-o motorista virou desconfiado.
–Fale mais baixo, cabeça de alga.-disse batendo na testa de Percy. Ele era tão idiota as vezes
–Ei! Calma, eu só queria saber para onde nós vamos.-Percy massageou a testa e bufou.
–Fica em L.A! Em Hollywood.-Lyra respondeu rindo da cara de Percy.
–Nós vamos atravessar o país? Estamos loucos. Só falta colocarmos uma placa chamando: Nós estamos aqui monstros. Venham nos comer. -Percy olhou para nós como se fossemos doidas.
–Você tem uma ideia melhor?-Grover perguntou para Percy. Ele estava verde.
–Não. Ir de avião não dá. -Silena falou.
–Estamos ferrados. -Grover começou a comer o assento.
–Para, Grover. O que o motorista vai pensar?-briguei com Grover. Quando ele ficava nervoso era uma grande droga.
...
Uma lagrima solitária rolou pelo meu rosto ao lembrar deles, fazia tanto tempo... Logo depois do episodio no táxi fomos pra variar atacados por monstros, e bem ficamos sem táxi e andando no meio do nada pra tentar chegar a cidade.
....
O sol estava intenso em nossas costas. Silena não parava de reclamar sobre insolação e rugas,e todos estavam morrendo de sede e de fome.

–Acho que nós andamos uns 5 km! E ainda nem encontramos um barzinho.Meus pés estão doendo!-Lyra reclamou.
–Isso é culpa dos humanos! Olha os efeitos do aquecimento global!-Grover olhou para gente com um olhar maligno.
–Calma,Sr.Bode! Eu parei de usa laquê e sou a favor de casacos de pêlo sintéticos.-Silena falou,e Thalia riu.
–Annabeth, você trouxe algum mapa?-Percy me perguntou, ele está suando tanto.
–Claro! Você acha que eu sou filha de quem?-Eu peguei os mapas que estavam na minha bolsa, e sentei embaixo de uma arvore.
.-E ai? Saímos daqui,andamos uns 5,5 km...-Lyra apontou de Nova York até o ponto em que nós estávamos.
–Bom.De acordo com mapa,faltam apenas 2,5 km.-eu falei para Percy. Ele bufou e sentou ao meu lado.
–Temos que continuar andando! Se ficarmos aqui seremos presas fáceis para os monstros.-Thalia enxugou a testa com a palma da mão. Ela estava certa, se nós continuássemos parados,nós seriamos mortos.
–Bora,cambada!-Grover gritou nos animando. Eu suspirei e me levantei. Percy me olhou cansado.
–Vamos,Percy! Temos que encontrar algum hotel ou um restaurante.-Eu o ajudei a levantar.Todos continuaram a andar. O sol começou a se pôr, aumentando o nosso cansaço.
–Olha! Tem uma lanchonete ali!-Lyra gritou toda feliz.Silena e Thalia agradeceram em voz alta aos deuses.
–Pelo menos, nós não vamos morrer de fome!-Percy sorriu para mim.
–Tomara que tenha latinhas de coca!-Grover disse todo feliz.A lanchonete era bem normal,tinha um letreiro com o nome “Tia M Lanches”. Engraçado o nome que colocaram na lanchonete.
– O nome desse troço é ridículo!-Eu falei para Thalia. Ela riu.
–Mas tem comida, o que é ótimo!-Nós entramos da lanchonete, e não havia ninguém.
–Qual é! Isso parece até cena daquele filme “Eu sei o que você fizeram no verão passado.”-Lyra se apoiou no balcão.
–Oh de casa!-Thalia gritou.
–Ai! Que coisa de roceira!-Silena olhou horrorizada para Thalia, esta apenas revirou os olhos
...
Pra variar isso também não acabou nada bem. Mas em fim, vamos deixar meu passado pra trás, pois ele não me faz bem, e a saudade é enorme...
Suspirei, sair do acampamento não fazia nada bem pra mim, cada vez ficava pior e me fazia lembrar cada vez mais, flashibacks se apossavam de minha mente.
Encostei a cabeça na janela e espantei tais pensamentos, eu precisava me concentrar, olhei o relógio na cabine da vã, em mais ou menos 10 minutos estaríamos na cidade grande.
Percebi ao olhar o espelho que Argos me observava, ele me conhecia a mais de 13 anos, sorri pra ele querendo dizer que estava tudo bem.
E voltei a encara a paisagem fora da janela, foquei meus pensamentos, e me concentrei, passo numero um arranjar um barco.
Alguns minutos depois Argos me deixou sozinha no caos da cidade de New York, para uma viagem de longas horas até tinha sido tranquila, pelo menos não encontrara ou fui atacada por monstros no caminho.Agora era a hora de me virar sozinha e encontrar o barco...


Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Circe em Ter 15 Abr 2014, 16:13

Annabeth tentou pensar, mas antes que qualquer ideia chegasse à sua mente, avistou um barco ao longe. Um pouco velho, mas nada de tão grave assim. Uma Empousa estava sentada no mesmo com uma roupa normal. Outra estava com uma luneta presa a cinto e tinha as chaves do veículo.

-Semideusa! -gritou uma das empousais, chamando Annabeth. -Quer carona? -A filha de Atena tinha motivos para não ir, mas algo lhe dizia que era certo. Então ela foi.

-Sim, preciso. -disse. -Tenho que ir para a ilha de Circe. Há alguns problemas lá e...

-Circe! -interrompe uma das empousais, alarmada, ou talvez por que odiasse o nome. -Não gostamos de suas feiticeiras. Elas são bobas e tolas.

-Hey, querem vir comigo nesta missão? -Annabeth queria se espancar. Não acreditara que acabara de convidar dois monstros para uma aventura.

-É claro. Contanto que possamos nos vingar de Circe. -responde a que tinha luneta. Ela liga o pequeno barco e o trio parte para o mar aberto em alta velocidade.

-Ok... -murmurou Annabeth para si mesma, olhando o porto de Nova Iorque lá atras.





i'm circe, bitch!

Because whenever I needed it, where were you? Now, no longer need, want no more. Just short of my life. Not appear. Do not make me suffer more. If you love me, go away and not come back.

avatar
Circe

Mensagens : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Qua 16 Abr 2014, 15:54


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

O porto da cidade de Nova York era enorme, e milhões de barcos se encontravam por ali, pessoas circulavam por todos os lados, mas isso não me importava, eu tinha que achar um barco, ou qualquer coisa do tipo que pudesse me levar na ilha, para o mar de monstros.
Ah mais ou menos 5 anos atras, eu estivera lá, eu era apenas uma criança, que fugira do acampamento, para salvar meu lar, lógico que tinham dado essa missão a outra pessoa, mas a ideia era minha, então era justo que fossemos juntos, e... eu tinha que salvar minha melhor amiga, não podia perde-la de novo. Mas deia isso pra la.
Olhei para os lados a procura de algo, minha cabeça a mil como sempre, eu precisava pensar em algo o mais rápido possível, mas nada me ocorria e antes de sequer sair andando por ali algo me chamou a atenção.
O barco estava um pouco longe, era velho e antigo, mas ainda não estava caindo aos pedaços e parecia que poderia aguentar bem uma viagem. Mas o que me intrigava, era o que estava no barco, duas empousas, uma sentada e relaxada com roupas bem normais e comuns, algo que alguém usaria no dia-a-dia. A segunda se encontrava com luneta presa no cinto e tinha as chaves do barco.

-Semideusa! -gritou uma das empousais, chamando-me. -Quer carona?- eu estava intrigada, por que diabos a mostrenga estava a me chamar?
Mas algo me impulsionava a ir, como se essa fosse a coisa certa a fazer, motivos para não acreditar, confiar e querer ir com elas? Esses eu tinha de sobra, mas sabia o que devia fazer.

-Sim, preciso. -disse. -Tenho que ir para a ilha de Circe. Há alguns problemas lá e...- a empousa me interrompeu dizendo.
-Circe!-gritou a mesma alarmada, ódio emanava de suas palavras- -Não gostamos de suas feiticeiras. Elas são bobas e tolas.
-Hey, querem vir comigo nesta missão?
Eu queria me enforcar, espancar, enfiar minha adaga em mim mesma por pensar tal calunia. Eu queria dar um tapa na minha cara, como foi que eu colocara na cabeça e convidara dois monstros para participar de minha missão. Burra.
-É claro. Contanto que possamos nos vingar de Circe. Disse a com Luneta presa ao cinto, pelo jeito ela era a dona do barco.
Subi no pequeno barco, não era grande coisa, mas serviria, coloquei minha mochila ao lado e me sentei, minhas armas comigo, eu não era tão burra a ponto de larga-las, apesar de que, algo me dizia que elas não fariam nada contra mim, só queriam vingança da feiticeira.
O barco foi ligado e em alta velocidade partimos, alga salgada respingava em meu rosto algumas vezes trazendo a lembrança do filho do mar por alguns segundos...
...
Uma lembrança distante do acampamento, 3 anos atras.

- Eu nunca, mas nunca vou tornar as coisas fáceis para você, Cabeça de Alga. Acostume-se a isso.
...
Balancei a cabeça espantando tais pensamentos e me obrigando a concentração que eu levara tantos anos para conseguir.
Ousei olhar para trás onde a cidade das luzes se distanciava aos poucos e um único murmurio saiu de minha boca

-Ok...
Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Éris em Qui 17 Abr 2014, 17:22

A viagem fora muito chata. As empousais tiveram que evitar Caríbdis, mas quiseram passar por Squila. A sorte era que o barco era muito veloz. Ela seguiram para uma das ilhas do Mar de Monstros. A Ilha de Circe. Elas pararam o barco atrás, pois o pequeno porto dali estava com duas feiticeiras. Annabeth saltou do barco, mas ouviu algo, sacou sua adaga e virou-se, e teve uma visão inesperada: Sua velha amiga, Renee Jacces, estava ali, e acabara de matar duas empousais pelas costas.

Elas se abraçaram, e Annie perguntou:

-O que faz aqui? -ela estava surpresa com o fato de a amiga estar ali.

-Eu me escondi na van. -contou. -E estou aqui pelas ordens de Quíron.

-Ok. Temos que... -começou Annabeth.

-Ah, já sei. Resgatar uma garota. É fácil usar o charme. -os olhos de Renee se arregalaram, Annabeth virou-se e em questão de segundos, lançou sua faca no peito de uma garota, que desabou, sangrando.

Ela foi até a tal, pegou sua adaga e analisou as roupas. Toga grega e roupas modernas por baixo. Uma feiticeira. Renee pegou suas armas e notou que havia um jardim ali próximo.

-Vamos. -disse Ananbeth à amiga.

OBS: Renee Jacces entrou na missão. Annabeth posta primeiro, Renee depois.




Deusa Menor | Deusa da Discordia e do Caos | Glorious Chaos <3
Deusa Éris
avatar
Éris

Mensagens : 165

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Qui 17 Abr 2014, 19:02


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

A viagem em si foi tranquila até certo ponto, na entrada para o mar de monstros (mais conhecido como triangulo das bermudas), encontravam-se Caríbdis e Squila, irmãs mostrengas marinhas que engolem, ou matam, tudo que tenta entrar no território, o que explica o desaparecimento de barcos, navios e aviões naquela região, sem explicação para mortais claro, mas eu sabia da verdade.
As empousais conseguiram evitar Caríbdis, mas tiveram que passar por Squila, a nossa sorte era a velocidade daquele pequeno barquinho.
Seguimos caminho sem ataque de monstros por um milagre, apesar que eu tinha quase certeza que o cheiro das empousais estava mesclando e encobrindo o meu, só assim para não sermos atacadas.
Algumas horas depois atracamos em uma ilha, já conhecida, porém um pouco diferente de alguns anos atras. A ilha de Circe. Tivemos que desembarcar longe do porto para não sermos vistas pelas guardiãs, e deixamos o barco meio escondido.
Peguei minha mochila e armas e saltei pra fora do barco, pisando na areia branca da praia, mas o barulho atras de mim chamou-me a atenção, saquei a adaga virando-me rapidamente, mas vi algo que realmente não esperava em milhões de éons.
Renee? O que ela fazia ali, e ainda matara as duas empousas pelas costas, olhei a confusa, mas então ao me tocar do que acontecia sorri, e corri a abraçando e rindo, minha mana viera comigo não sei como, e bem, eu nem tinha percebido.

O que faz aqui? -estava surpresa demais para fazer outra pergunta, e confusa, como ela chegara até ali?
-Eu me escondi na van. -contou. -E estou aqui pelas ordens de Quíron.
Sorri feliz por isso, pelo menos não estava sozinha

-Ok. Temos que... -comecei a dizer mas fui interrompida pela filha de Afrodite
-Ah, já sei. Resgatar uma garota. É fácil usar o charme.
Parei de ouvi-la ao escutar um galho se quebrando atras de mim, saquei a faca da cintura e rapidamente lancei na garota sem pensar duas vezes, se desse chance, logo nos encontrariam e nossa missão seria um fracasso. Fui a encontro da garota morta atingida por minha faca em seu coração e analisei a de perto, roupas comuns por baixo da toga branca. Provavelmente uma das feiticeiras da ilha.
Olhei para trás e Renee observava algo, olhei na mesma direção que ela para ver o que tanto olhava, um jardim não muito longe do local que estávamos.

-Vamos.-disse a Renee começando a andar.


Spoiler:

Amostra de caçadora - Estás habilitada a usar as habilidades especiais das caçadoras de Ártemis até o nível 5. (benção)
Poderes de caçadora:
Nível 1 → Senso de Orientação (permite que o usuário saiba sua localização em qualquer lugar do mundo, menos no Labirinto de Dédalo)
Nível 1 → Instinto de Sobrevivência (identifica frutos/plantas venenosas, tem boa audição e não pode ser pega de surpresa)
Poderes de Filha de Atena
Nível 1 → Atenção Ideal (nunca se pode pegar um usuário de surpresa, ele sempre está atento, a não ser que esteja invisível)
Nível 5 → Visão Aguçada (permite ver de muito longe tanto de dia quanto à noite)
Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Renee Jacces em Sab 19 Abr 2014, 22:05

Um belo dia iniciava-se, a euforia tomava conta do acampamento. A jovem filha de Afrodite passeava pelo acampamento, esbanjando todo seu charme. No momento que passava em frente à casa Grande, a moça escutou seu nome. Virou-se instantaneamente e deparou-se com Quíron. Caminhou até ele e logo foi se explicando.

- Ah, Quíron... Sobre a festa, eu posso explicar. Foi apenas...
-Renee Jacces, tenho uma missão para você.
A filha de Afrodite tampou a boca assim que ouviu a palavra “missão”. Ela respirou aliviada, ele não havia descoberto o que ela aprontava pelo acampamento.
-Festa? A que você está se referindo, srta. Jacces?- Quíron perguntou intrigado.
- Ah... Er... Nada, nada não. Mas... Fale-me sobre o que tenho que fazer.
Quíron começou a explicar detalhadamente tudo que estava acontecendo. Por fim, disse:
- Se apresse, pegue suas coisas. Annabeth partirá logo... Eu conto com vocês.

Renee assentiu e saiu em direção do chalé, pegou seu colar na gaveta, colocou os três vidros de perfume mágicos em uma bolsa, sua adaga e faca foram colocadas cada uma de um lado da coxa, seu escudo e arco com flechas nas costas e partiu rumo à fronteira mágica. Lá estava Annie, parecia pensativa. Jacces preferiu não incomodar, Quíron havia pedido para a filha de Afrodite ficar escondida até que chegassem a Ilha de Circe, pois caso a filha de Atena fosse atacada de surpresa. Seria mais fácil Renee ajudá-la.

Ela ficou atrás de uma árvore por um tempo, até que a van chegou. E agora, o que ela faria? Teria sorte se o porta malas estivesse aberto. E a sorte estava com ela, ela entrou no mesmo antes que a van partisse. E como ali era apertado e abafado, a filha de Afrodite franzia o nariz e praguejava mentalmente, durante o percurso. Depois de algum tempo, finalmente chegaram ao porto de Nova Iorque . A jovem pulou rapidamente da van e escondeu-se atrás de um caixote, sempre observando Annabeth, sua vontade era correr e abraçar a amiga, mas manteve-se controlada. Renee ficou distraída observando o mar, quando percebeu a filha de Atena conversando com duas empousas e logo pulando no barco delas. Como assim? A filha de Afrodite achava que a amiga havia enlouquecido. “Bem, de qualquer forma, confio em você Annie. Você sempre faz a coisa certa.” pensou a jovem e teve dificuldade de se esconder no barco.

Estava sendo muito desconfortável para a filha de Afrodite ter que ficar se escondendo, sempre tinha que ficar encolhida e quieta. A viagem foi um tanto demorada, Renee sempre ficava atenta nas duas empousas, não confiava nenhum pouco nelas. Por fim, desembarcaram na parte de trás, pois o porto da Ilha estava sendo vigiado. Annie colocou os pés na areia e Renee percebeu uma movimentação estranha das empousas, ela pulou atrás delas, segurando seus pescoços e fazendo suas cabeças se chocarem, desnorteando-as. Por fim, puxou a adaga e enfiou no pescoço de cada uma, arrancando-os.  

- O que faz aqui? - Dizia Annie, abraçando Renee, a qual retribui o abraço com muito carinho.
- Eu me escondi na van. – Respondeu Jacces. – E estou aqui pelas ordens de Quíron...
- Ok, temos que... – Annabeth tentou explicar, mas a filha de Afrodite estava animada demais e quis continuar.
- Ah, já sei. Resgatar uma garota. É fácil usar o charme.
Logo a fala da jovem foi interrompida com um susto, uma moça vinha atacá-las de surpresa. Mas Annie foi habilidosa, como sempre, e golpeou agilmente a garota. Enquanto Annie analisava a moça jogada ao chão, Renee olhava em volta a procura do próximo passo a fazer até encontrar um jardim não muito distante, Annabeth logo olhou.
- Vamos.  – Disse a filha de Atena e começou a seguir para o jardim, Renee a seguiu.

Spoiler:
Itens levados
Perfume Paralisante
Colar da Beleza (faz um monstro te obedecer)
Perfume Ácido (derrete qualquer coisa. Se restaura em um dia)
Perfume Gélido (congela qualquer coisa. Se restaura em um dia)
Adaga de Platina
Faca de Bronze
Escudo de Bronze
Arco-mestre
Tubo de 20 flechas
Spoiler:
Nível 1 → Beleza Divina (todos os usuários são belos e sedutores em todas as situações)
Nível 1 → Persuasão Inicial (consegue influenciar as decisões de heróis, monstros e humanos, menos aqueles mais poderosos cuja mente é inabalável)
Nível 5 → Personalidade Animalesca (as unhas crescem e se transformam em garras dilaceradoras; os dentes viram presas mortíferas)




"O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar."
avatar
Renee Jacces
Afrodite
Afrodite

Mensagens : 29

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Afrodite
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Éris em Ter 22 Abr 2014, 16:48

Elas adentraram no jardim, que com o tempo, pareceu se tornar um labirinto.

-Já estamos chegando? -perguntou Renee, quando Annie parou bruscamente.

-Já passamos por aqui... -ela visualizou o chão, e o olhar da filha de Afrodite tentou buscar alguma coisa, mas não havia nada além de altos muros feitos por folhas e galhos. -Abaixe-se!

Chase segurou Renee, levando-a para o chão no momento que uma bola de chamas verde cortava o ar acima delas. Feiticeira tinham cercado-as.

-Comecem. -disse uma delas. -Vamos levá-las para nossa senhora. Ao todo, eram 4 feiticeiras apenas. Renee se encarregaria de duas, assim como Annabeth.




Deusa Menor | Deusa da Discordia e do Caos | Glorious Chaos <3
Deusa Éris
avatar
Éris

Mensagens : 165

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Qui 24 Abr 2014, 19:18


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

Adentrar o jardim foi fácil até certo ponto, num momento tudo pareceu ficar maior, e mais confuso, só então percebi, o jardim na verdade era um labirinto, provavelmente incrementado com magia para confundir sua cabeça, a minha sorte, eu não podia ser afetada por magia, o ataque mental. Um cheiro diferente adentrou minhas narinas, algo estava muito errado ali.
Parei de andar olhando para os lados, já havíamos passado por aquele lugar antes, eu tinha certeza. Precisamos agora era de uma maneira para nós orientar naquele lugar, e antes que elas chegassem, provavelmente sentiram nossa presença.

-Já estamos chegando? - perguntou Renee, quando parei para observar o local.
-Já passamos por aqui... -olhei o chão, na verdade estava tentando escutar melhor, elas se aproximavam rapidamente, seu perfume doce estava me deixando enjoada. -Abaixe-se!- Falei para minha mana, puxando a para o chão rapidamente, uma bola verde de magia passando no momento por cima de nós, cortando apenas o ar.
-Comecem. -disse uma delas. -Vamos levá-las para nossa senhora- Levantei-me do chão com Renee ao meu lado, nós postando em forma defensiva, as costas coladas uma na outra e as armas em punho, assim protegendo a retaguarda uma da outra.
-Mana, elas estão em número maior, tente distrai-las com o charme o máximo que conseguir, se confundi-las o suficiente, posso atacar e te dar um tempo, você pode se afastar um pouco mais e acerta-las com o arco.- sussurrei pra ela, talvez o plano não desse certo, mas eu não tinha muito tempo pra pensar em coisa melhor.
Assim que demos inicio, Renee começou a usar seu charme com elas, um poder de persuasão que funcionava muito bem com a maioria, as feiticeiras pareciam confusas, mas sabia que não ia durar muito.

-Agora- disse atirando uma faca na feiticeira da frente, e correndo em direção a segunda com a adaga em mãos, dei-lhe uma rasteira desferindo um golpe em seu dorso.

 

Spoiler:

Amostra de caçadora - Estás habilitada a usar as habilidades especiais das caçadoras de Ártemis até o nível 5. (benção)
Poderes de caçadora:
Nível 1 → Senso de Orientação (permite que o usuário saiba sua localização em qualquer lugar do mundo, menos no Labirinto de Dédalo)
Nível 1 → Instinto de Sobrevivência (identifica frutos/plantas venenosas, tem boa audição e não pode ser pega de surpresa)
Poderes de Filha de Atena
Nível 1 → Atenção Ideal (nunca se pode pegar um usuário de surpresa, ele sempre está atento, a não ser que esteja invisível)
Nível 5 → Visão Aguçada (permite ver de muito longe tanto de dia quanto à noite)
Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Renee Jacces em Dom 27 Abr 2014, 01:01

Entramos no jardim, que por hora parecia comum. Um bom tempo se passou e nenhum resultado, algo parecia errado, eu observava ao redor e aquilo não tinha mais nada parecido com um jardim, mas sim com um labirinto.

- Já estamos chegando? - perguntei, quando Annabeth parou.
- Já passamos por aqui... – disse Annie olhando para o chão.
Comecei a olhar ao redor a procura de algo que pudesse ajudar, mas não tive sorte. – Abaixe-se! – gritou minha amiga, puxando-me para baixo, enquanto uma bola de chamas passava por cima de nós. Levantei o olhar e estávamos cercadas por quatro feiticeiras.

- Comecem. – disse uma delas. – Vamos levá-las para nossa senhora.
Eu e Annie levantamos cautelosamente, logo nos colocando em posição de ataque com as costas encostadas, uma protegendo a retaguarda da outra.  
-Mana, elas estão em número maior, tente distrai-las com o charme o máximo que conseguir, se confundi-las o suficiente, posso atacar e te dar um tempo, você pode se afastar um pouco mais e acerta-las com o arco.- disse Chase.

O plano não era perfeito, mas era adequado para a situação que estávamos. Não é tão fácil usar o charme com as feiticeiras, elas são espertas nisso, mas eu já havia treinado bastante essa parte. Respirei fundo e me concentrei, fixei meu olhar em cada uma das feiticeiras que estavam ali. Senti um pouco de dificuldade, era como se elas tentassem fazer o mesmo comigo. Forcei mais o olhar nelas, sentindo forças emanando de meu corpo. Elas começavam a piscar meio confusas, como se estivessem esquecido de atacar, tinha que ser naquele momento, eu não poderia segurar mais.

- Agora. – disse Annabeth, correndo para atacar duas das feiticeiras.

Puxei o arco, já ajustando a flecha e mirei na cabeça de umas das feiticeiras, disparando em milésimos de segundos. Nesse tempo a outra já estava menos confusa e vinha em minha direção, dei um mortal em sua direção, retirando a adaga de minha coxa e desferindo no peito da criatura.




"O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar."
avatar
Renee Jacces
Afrodite
Afrodite

Mensagens : 29

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Afrodite
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Éris em Qui 01 Maio 2014, 07:37

As duas conseguiram dar um jeito nas feiticeiras, e logo, o jardim queimava em fogo verde. Não era fogo grego, mas era algo mágico. Algo desconhecido. Renee puxou Annabeth pelo braço e foi levando a garota até um lugar seguro. Correram sem rumo por entre os arbustos queimados e pulavam cada vez que havia alguma coisa pegando fogo no chão. Elas conseguiram achar a saída.

-Deuses! -Annabeth tossia. Renee estaa cansada demais para falar, seus pulmões ardiam pela fumaça tóxica que o fogo emanava. -Vamos ir embora desta ilha e...-Annabeth vidrou os olhos no que estava vendo. A arquitetura perfeita daquela cidade era simplesmente... ela não conseguia explicar.

-Vejam só que está aqui. -as garotas pararam. Uma mulher estava na frente delas. Seu vestido longo e preto era lustroso. Seu olhar era cruel. Em suas mãos, segurava um pequeno livro. Annabeth lançou sua adaga para atingir a mulher, que estava sozinha, mas algo aconteceu. Um pequeno poço de escuridão se abriu diante da mulher. A faca seguiu direto para dentro, e aquela fenda se fechou.

-Minha faca! -gritou Annabeth. -Sua maldita.

-Não agradeça criança. -disse a moça. -Será julgada por invasão e assassinato! Peguem elas!

Vários buracos escuros se abriram no ar, lançando feiticeiras. Elas se prepararam, e a mulher foi embora. A luta começara outra vez.




Deusa Menor | Deusa da Discordia e do Caos | Glorious Chaos <3
Deusa Éris
avatar
Éris

Mensagens : 165

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Qui 01 Maio 2014, 15:30


Há sempre uma saída para aqueles que são espertos!!

Assim que as feiticeiras cairao ,uma magia recaiu sobre o jardim, que agora queimava em fogo verde. Uma magia tão antiga que nem mesmo eu com todo estudo, conseguia identificar o que era. Acordei de meus pensamentos com Renee me puxando pelo braço, tentando me tirar dali.
Me toquei do que acontecia quando a fumaça começou a penetrar em meus pulmões. Corri com todas as forças com Renee pulando por cima das chamas e nos desviando das bolas de fogo que tentavam nos atingir, e acredite ou não isso não era tão fácil, o que nós ajudava eram os anos de treinamento árduo com coisas parecidas no acampamento. Até que por fim conseguimos achar uma saída.

-Deuses! -Eu tossia muito pela fumaça que inalara.  A filha de Afrodite não parecia muito bem  para falar, provavelmente inalara tanta fumaça quanto eu. Peguei uma garrafinha com agua da mochila e tomei alguns goles, me sentindo bem melhor, então a passei para Renee, a agua ajudaria a tirar a fumaça dos pulmões. -Vamos ir embora desta ilha e...-Olhei ao redor, não podia acreditar no que via, tal lugar não poderia existir, estava tão diferente da primeira vez, melhor, mais elaborado. A arquitetura perfeita daquela cidade era simplesmente... eu não tinha palavras para explicar... Era... Incrível.
-Vejam só que está aqui. - Parei de reparar em tudo e olhei a mulher a minha frente. Seu vestido longo e preto era lustroso. Seu olhar era cruel. Em suas mãos, segurava um pequeno livro. Lancei minha faca de bronze, mas algo inusitado aconteceu, em vez de acerta-la, ela desapareceu em um buraco negro, sem sequer fazer um raspão na donzela.
-Minha faca! -gritei. -Sua maldita.- fuzilei a mesma com os olhos.
-Não agradeça criança. -disse a moça. -Será julgada por invasão e assassinato! Peguem elas!
Vários buracos escuros se abriram no ar, lançando feiticeiras. A mulher desapareceu, e eu me preparei.
Observei ao meu redor, ela eram muitas, não estávamos em uma situação nada boa, e em um combate direto seriamos pegas, perderíamos, ou ainda poderíamos ser mortas. Não tínhamos muito tempo, eu precisava pensar em uma ideia rápido.

-Ai droga quebrei a unha- disse uma delas e reparei melhor, apesar de subordinadas de circe e bem treinadas elas não pareciam muito inteligentes, eu podia jogar. Eu tinha um plano.
-Porque fazer o que ela diz,porque seguir as ordens dela, s se vocês irão morrer de qualquer maneira? Acha que viríamos aqui sozinhas? Se tentarem nos atacar, tudo que conseguirão é sua morte - disse torcendo mentalmente para que elas caíssem na minha.
As feiticeiras me olharam confusas.

-Como assim garota? Você é muito burra, acha que vai viver tentando nos passar a perna?- disse uma delas aumentando o tom de voz.
-Como já disse não estamos sozinha, ah uma traidora entre vocês, uma espiã, e ela trabalha para nós, mesmo que nós matem ela ainda pode avisar os semideuses no barco que estão a caminho dessa ilha, então todas estarão mortas- Renee também me olhava sem entender, olhei para ela tentando passar confiança com os olhos, eu iria jogar uma contra as outras com um dom especial que ganhara de uma deusa, a voz da discórdia, minha benção.-Você!- disse apontando pra loira que quebrara a unha- Ela me falou de você, disse que você era mais feira que a medusa, e que nenhum homem jamais cairia em seu charme, e você- disse apontando pra outra- ela me disse que você era a feiticeira mais fraca daqui, que sequer conseguia aprender magia direito, e que seria a primeira a ser pega- as feiticeiras já se encaravam com raiva,a filha de Afrodite entendeu o meu plano e começou a me ajudar, fazendo com que elas ficassem com raiva mas uma delas ainda me encarava de maneira, estranha, desconfiada.
Olhei em seus olhos bem fundo e entrei em sua mente a torturando, gritos de dor foram ouvidos, as feiticeiras a encaravam e então voltei a falar vendo a mesma caída no chão e fingindo confusão e medo.

-Eu disse! Ela vai pegar todas vocês, nós podemos até morrer, mas vocês também vão.
Então a briga entre elas começou, todas desconfiadas uma das outras, puxões de cabelos, arranhões, chutes, tapas e caneladas, as feiticeiras brigavam entre si.
E aproveitando-me do momento apontei com a cabeça para Renee e corremos para longe dali, antes que elas se tocassem de minha mentira, teríamos que nos esconder por um tempo, bolar um plano, e nos recuperar, para em fim pegar Circe, e salvar a menina.


Spoiler:

Voz da Discórdia: O usuário pode jogar seus inimigos um contra o outro com este poder. Pode ser utilizado em qualquer inimigo de nível menor. Não tão parecido com o charme dos filhos de Afrodite, mas tem quase a mesma função. (Pode ser usado sempre). {Benção}

Olhar do Caos: O usuário ganha uma incrível habilidade de torturar a mente do inimigo. Basta olhar em seus olhos e seu adversário sente uma força dentro de si o destruindo. Podendo ser usado três vezes por missão, funciona em inimigos de nível igual ou menor. {Benção}
Nível 1 → Instinto de Sobrevivência (identifica frutos/plantas venenosas, tem boa audição e não pode ser pega de surpresa)
Poderes de Filha de Atena
Nível 1 → Atenção Ideal (nunca se pode pegar um usuário de surpresa, ele sempre está atento, a não ser que esteja invisível)
Nível 5 → Visão Aguçada (permite ver de muito longe tanto de dia quanto à noite)
Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Renee Jacces em Qua 07 Maio 2014, 21:43

Não fora tão fácil, mas conseguimos dar um fim nas feiticeiras. Quando respirei profundamente achando que havia acabado, tudo a nossa volta começou a arder em chamas verdes, àquilo era estranho, nunca tinha visto algo parecido, isso era sinal de alerta. Olhei para Annie que parecia pensativa, então a puxei pelo braço e ambas começamos a correr, tentando encontrar o final do labirinto. O fogo estava por toda parte e só aumentava, tivemos muito sacrifício para sair daquele local. Depois de alguns poucos minutos encontramos a saída. Ufa! Foi por pouco.

- Deuses! – Annabeth tossia. Eu mal conseguia falar, havia inalado fumaça demais, meus pulmões pareciam brasa, a sensação era horrível. Chase me deu água, tomei alguns goles.  – Vamos ir embora desta ilha e... – Annie parou de falar e a observei de canto, ela fixava o olhar no local.
- Vejam só que está aqui. – desviei meu olhar de minha mana para a mulher que acabara de falar. Seu olhar transmitia crueldade, seu vestido preto caía sobre seu corpo até os pés, em sua mão ela segurava um pequeno livro. Chase foi rápida e logo lançou sua faca em direção a mulher, mas ocorreu algo inusitado, um buraco negro abriu-se em frente a mulher, engolindo a faca de Annabeth.

- Minha faca! – gritou Annie. – Sua maldita. – Ela estava furiosa.
- Não agradeça criança. – disse a moça. – Será julgada por invasão e assassinato! Peguem elas!

Inúmeros buracos negros começaram a aparecer no ar, trazendo feiticeiras. A mulher desapareceu. Nesse meio tempo, já conseguia respirar normalmente, ficamos cercadas, agora não eram apenas quatro, mas sim várias. Posicionei-me e tentei pensar em algo, um ataque direto seria inútil.  De repente a filha de Atena começou a falar.

- Porque fazer o que ela diz, porque seguir as ordens dela, se vocês irão morrer de qualquer maneira? Acha que viríamos aqui sozinha? Se tentarem nos atacar, tudo que conseguirão é a sua morte...

- Como assim garota? Você é muito burra, acha que vai viver tentando nos passar a perna?  - disse uma delas, aumentando seu tom de voz.

- Como já disse não estamos sozinhas, há uma traidora entre vocês, uma espiã, ela trabalha para nós, mesmo que nos mate ela ainda vai poder avisar os semideuses no barco que estão a caminho dessa ilha, então todas estarão mortas. - As feiticeiras olhavam confusas para Annie, eu também não estava entendo até que ela me olhou fixamente tentando me dizer algo. Claro! Ela estava tentando confundir a mente das feiticeiras ou ganhar tempo, ainda não sabia ao certo, mas tinha que ajudar.

- Você! – apontou Annabeth para uma loira. – Ela me falou de você, disse que era mais feia que a medusa, e que nenhum homem jamais cairia no seu charme, e você. – disse apontando para outra. – Ela me disse que era a feiticeira mais fraca daqui, que sequer poderia aprender magia direito e que seria a primeira a ser pega.

Agora entendia completamente o que Annie estava tentando fazer, estava querendo jogar uma contra as outras, uma saída boa. Torci para dar certo e logo apontei para uma garota que me olhava.

- Ah, você... Ela também comentou, disse que seus cabelos eram horríveis, que mal sabia se comportar na frente das outras.  – Fixava meu olhar no da jovem, usando meu poder de persuasão para ela acreditar, virei para outra feiticeira. – E você, ela me disse que não sabe nem pintar uma unha direito, que horror.


As feiticeiras estavam furiosas com os comentários, de repente uma delas começou a gritar, como se estivessem a matando. Olhei para Annabeth que a encarava com rigidez, ela quem deveria estar fazendo aquilo.

- Eu disse! Ela vai pegar todas vocês, nós podemos até morrer, mas vocês também vão!

Em poucos instantes aquilo virava um ringue de feiticeiras brigando uma com as outras, gritos e xingamentos eram ecoados. Chase me olhou e logo começamos a correr dali, antes que elas percebessem que tudo era uma farsa. Agora precisávamos de um novo plano.




"O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar."
avatar
Renee Jacces
Afrodite
Afrodite

Mensagens : 29

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Afrodite
Nível: 5
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Éris em Qua 14 Maio 2014, 18:06

Quado as feiticeiras se deram conta do que houve, procuraram as garotas, mas não as acharam. A dupla correra para o meio da floresta.

No centro daquela mata fechada, havia o SPA. O resto era apenas uma selva circular e um porto pequeno, onde alguns barcos estavam atracados. Annabeth começou a pegar materiais para tentar fazer uma cabana, enquanto Renee descansava.

-E a filha de Hécate? -perguntou, por fim, a filha de Afrodite.

-Está presa, provavelmente. Temos que arrancar essa resposta de alguma feiticeira. Elas são boas, e não vão parar. Circe deve estar furiosa agora, mas quer ver o circo pegar fogo.

-Certamente. Mas, devemos sair daqui. Sinto que não é tão seguro. -Renee abraçou a si mesma.

-Tem uma trilha logo ali. Deve levar a um acampamento por aqui. Vejo sinais de fogo. -realmente, uma fumaça subia ao céu, não muito longe dali. -Vamos. -e juntas, as garotas seguiram pela trilha de terra, armadas, prontas para uma emboscada ao Acampamento de algumas feiticeiras.




Deusa Menor | Deusa da Discordia e do Caos | Glorious Chaos <3
Deusa Éris
avatar
Éris

Mensagens : 165

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo:
Nível: 1
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Annabeth Chase em Sab 31 Maio 2014, 13:14


Apenas tolos e crianças acreditam que fechar os olhos fara os monstros desaparecerem...

Corrermos até chegar a uma parte escondida na floresta, boa o suficiente para nos camuflar por tempo suficiente para bolarmos um plano, comer, e descansar um pouco, antes de por tudo em pratica novamente.
No centro da ilha era o spa pela minha dedução, o resto era mata fechada, onde as feiticeiras não entravam muito pelo que percebi, isso seria ótimo para nós, havia um único porto, onde os barcos atracavam também, mas e o outro lado da ilha? Se elas estavam por aqui e de um lado era o porto, o que era o outro lado?
Mil possibilidades rondavam minha mente enquanto pegava algumas folhas grandes, galhos, e pedaços de cipo, coisas bem uteis para fazer uma casa na arvore, não grande, mas segura para passar a noite, comecei a trabalhar juntando, madeira, galhos e os amarrando com cipos deixando tudo bem firme, para fazer o chão e as paredes da casa, a parede atras seria o tronco de uma arvore bem grossa, e grande, muito antiga, não ficaria grande, mas daria pra mim e Renee tranquilamente. Os galhos da arvore eram grossos e esse meio dela era escondido então nos manteria escondidas, dificilmente achariam esse lugar. Sem ajuda de alguém que soubesse onde ele esta.
Depois que terminei de amarrar tudo chequei se estava firme para aguentar até chuva, a arvore ajudaria a proteger mas não tanto. Vendo que estava seguro a estrutura, juntei os galhos secos, as cascas de arvore e comecei a forrar o teto e as paredes. Peguei um pouco de musgo de arvore e seiva e fiz uma pasta passando em volta, para firmar melhor, era igual cola, passei aquela gosma ao redor e enquanto secava juntei musgo e folhas de arvore gigantes, assim que peguei tudo distribui ao redor terminando a cabana, estava bem camuflada entre os galhos ajudaria bastante enquanto permanecêssemos aqui. Amarrei alguns cipos fazendo uma escada de corda e joguei pra baixo chamando Renee pra subir, assim que ela o fez recolhi a escada, minha mochila e armas estavam jogadas num cantinho ali.

-Prontinho mana, acho que agora temos um abrigo!!- disse sorridente me sentando em um cantinho ela sorriu de volta.
-E a filha de Hécate? -perguntou, por fim, a filha de Afrodite.
-Está presa, provavelmente. Temos que arrancar essa resposta de alguma feiticeira. Elas são boas, e não vão parar. Circe deve estar furiosa agora, mas quer ver o circo pegar fogo.
-Certamente. Mas, devemos sair daqui. Sinto que não é tão seguro. -Renee abraçou a si mesma.
-A ilha pertence a Circe, mas de qualquer forma eu camuflei a gente e duvido que nos procurem no meio desse matagal todo, pelo que percebi elas se concentram no centro da ilha, no spa, e em algumas clareiras, mas não ousam se aventurar no meio do matagal, não sem uma ordem direta e risco de morte pelo menos, foi isso que deduzi, pelo pouco que pude observar.-disse a olhando.- E outra enquanto pegava os materiais notei uma trilha, esse local foge pelo menos uns quilômetros longe da mesma, elas devem andar pela trilha, mas não saem dela pois se perderiam, eu não me perderia em locais como esse pois ganhei a benção das caçadoras de Artemis, estamos em vantagem contra elas. E outra a trilha deve levar a um acampamento por aperto. Vejo sinais de fogo.- Disse apontando pra elas a fumaça subindo em algum lugar um pouco distante.
-Vamos- disse descendo da arvore com Renee, caminhamos pela trilha de terra, prontas e armadas, e chegando la um plano surgiu em minha mente ao observar o acampamento, me escondi com a filha de Afrodite observando o local.
-Mana tem mais delas do que nós, se lutarmos ainda temos chance de perder, acho que devemos esperar elas dormirem, eu entro no acampamento com meu boné de invisibilidade e você me espera aqui, vou pegar uma delas como refém enquanto dormem, em vez de embosca-las temos que conseguir informações sobre tudo, e assim armar um plano e pegar Circe o que acha?- disse a olhando.

Spoiler:

Descrição dos itens levados:
*Boné da Invisibilidade
*Adaga de Coruja - Adaga feita de bronze celestial, é leve e maleável e possui uma lâmina curta extremamente afiada, o punho é decorado com uma coruja e ela sempre retorna a mão do usuário.
GPS Localizador de Monstros
*Bracelete Escudo da Medusa - Um bracelete de bronze , que quando tocado pelo filho de Atena, se transformará em um escudo com as bordas de ouro branco e o resto de puro bronze celestial, letal a monstros. O escudo possui entalhado em sua frente a cabeça da Medusa, a criatura mitológica mais temida de todos os tempos. Fragmentos foram depositados no escudo, podendo paralisar o inimigo - Em carne, não pedra - por Dois posts. Monstros ao verem o rosto da criatura ali sentem mais medo de batalhar, abrindo vantagens logo de início ao semideus.Os olhos de Medusa são feitos de safiras o que assusta ainda mais a pessoa que o vir.
*Óculos Noturnos (permite ver no escuro)
*Medalhão da caça - Sempre que estiveres à procura de algo ou alguém, receberás uma informação sobre isto a cada uma hora. Sempre que obtiveres este artigo no pescoço, terás a plena certeza de seu caminho; ele sempre será o certo. (item especial)
*Lâmina do Caos: Uma linda espada de ouro com o cabo de couro. Leve nas mãos do semideus e é extremamente confortável. A lâmina corta quase qualquer coisa e é tão letal para monstros quanto para mortais. Quase desativada, vira um anel com o desenho de uma maçã. (O anel que falei)




Annabeth Chase

Filha de Atena :: 18 anos :: Linda, sexy e inteligente...[/url]
avatar
Annabeth Chase
Atena
Atena

Mensagens : 127

Ficha de Personagem
Filiação/Grupo: Filha de Atena
Nível: 11
Inventário:

http://newyorkhs.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Acusada -Missão para Annabeth Chase

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum